sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Star Wars: Rogue One!!! (sem spoilers)



Assisti ontem o primeiro spin-off de Star Wars, Rogue One, que contou como os planos da Estrela da Morte foram roubados, além de encaixar perfeitamente com o episódio IV: Uma Nova Esperança. Gente... ainda estou no chão com a cena final, mas não vou contar nada sobre isso, esse texto é sem spoiler, se acalme.

Uma coisa chocante do filme: os Stormtroopers acertam alguns tiros.

    Preciso confessar que as primeiras horas do filme foram me cansando... não sei exatamente o porquê. Temos vários planetas, algumas referências aos outros filmes, como a trilha sonora, como um esbarrão com alguns alienígenas conhecidos e como a participação do Tarkin... é bem bizarro ver uma pessoa morta atuando... '-' Mas ficou bem feito. Os efeitos especiais tão de parabéns por recriá-lo e... lalala. 


Voltando. Conhecemos planetas novos, cidades, o monge cego iluminado pela Força, enfim, o filme tem o que me encanta em Star Wars, que é o universo, mas como as expectativas estavam lá no alto passei o filme inteiro procurando o porquê de as pessoas falarem que o filme é foda... não tava encontrando, tava um filme normal de Star Wars... 



Levei um tapa na cara por não acreditar. No final tudo vale a pena, sem brincadeira, pirei com as últimas cenas, é de aplaudir em pé. 

Finalmente saímos da família Skywalker e até um pouco do preto no branco dos outros filmes, Rogue One tem uns personagens numa zona cinza entre o bem e o mal, há uns personagens duvidosos e até um diálogo onde um dos mocinhos fala algo do tipo "eu sigo ordens" e a resposta que dão é que isto seria algo que um Stormtrooper falaria. 


Não posso terminar esse texto sem falar sore o K2SO, o novo robô de Star Wars para vender action figure, que já estou indo comprar, ele é um androide do Império reprogramado para trabalhar para os Rebeldes e MEU DEUS que personagem incrível... vou criar polêmica, agora... para mim, o K. se tornou o melhor robô de Star Wars. Ele não é apenas um excelente alívio cômico, porque é uma mistura do sarcasmo do TARS (Interstellar) e do estado blasé do Marvin (Guia do Mochileiro), ele ainda luta!  L-u-t-a.

Na metade do filme eu já queria assistir de novo só para rever as piadas do K. Ainda tô querendo reassistir agora.


Conta aí o que você achou sobre o filme.

Fui \o/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...