terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Top 3 de filmes assistidos em 2015


E acabou 2015, faltam poucos dias na verdade... só 1? \o/

Aqui tô eu seguindo a ideia da C. Schreave de fazer um balanço do ano e fazer um top de melhores-de-alguma-coisa-de-2015 ela decidiu falar de livros e músicas, queria muito fazer de livros, mas sei que não vou conseguir escolher só três, então vou fazer de filmes.


Com certeza eu vou deixar algum filme de fora porque minha memória não tem data, é eu sei é uma merda isso. 2014? 2015? Vou tentar anotar tudo direito no próximo ano (olha as promessas-de-ano-novo antecipadas) porque como é ruim fazer um top, NOSSA! Lembrar das coisas e julgar numa colocação... Foi uma luta pra mim escolher esses três:


3. Interstellar

Um filme de visual e trilha sonora estupendos! E o negócio da relatividade do tempo ♥  Tenho uma paixão por sci-fi, o que dizer mais? Bora para um resumo rápido: a Terra tá só o bagaço, as colheitas foram morrendo, várias espécies de animais também, cadê comida que não tem? O que tem é uma tempestade de poeira dos infernos deixando as pessoas doentes, as pessoas são obrigadas a se proteger, se esconder, correr de medo. A ciência tá desvalorizada porque o que importa agora é conseguir comida plantando, não há mais verbas pra gastar com planos espaciais, mas... tem uma gente teimosa que vão explorar outros três planetas pra ver se dá pra se mudar pra lá. 



2. O Poderoso Chefão

Já era pra eu ter assistido a esse filme muito antes, eu sei, não me julguem. É um clássico! Todos sabemos. Mas sério é muito bom mesmo, mesmo, mes-mo. Tem um clima tão bom, tão envolvente, tem máfia, tiros, traições, Don Corleone com sua "boca de derrame", e uma atuação incrível logo de início de um gato, que se não me engano não era pra tá na cena, foi de improviso. Oscar pro gato! "Eu tenho um fraco por meus filhos e acabo mimando-os, eles falam quando deveriam ouvir!" É um excelente filme pra se tirar citações \o/ Agora me calo e vou pro próximo. 




1. A Lista de Schindler

Um p*uta filme sobre 2ª Guerra Mundial, tá bem, ele não tem batalhas épicas etc, mas tem cenas de violência, tiros inesperados, muito sofrimento... nossa que bosta, viu... quando os judeus foram para os "chuveiros", sério, que agonia nessa parte, poucos filmes me fizeram escorrer algumas lágrimas e pausar o filme pra respirar. Esse mereceu.

O filme é em preto e branco (tá não é todo, só logo bem no começo, no fim e na menina que há cor), tem gente falando inglês, alemão, judaico, latim (acho) muito f*oda isso tudo. Vixe, ainda não falei do enredo. O filme foi baseado em fatos, conta um pouco da vida de Oskar Schindler que no meio da guerra decidiu salvar alguns judeus, fazendo uma lista (olha o nome aí gente) e... não vou falar mais nada, é melhor.



E é tudo pessoal. Até a próxima, e deixem um comentário pro Barqueiro =D

Pode vir, 2016 \o/

Olá amores, saudades de tod@s <3 2015 já está dando tchau e que ano, minha gente! 12 meses de (re)descobertas, conquistas, alegrias - uma das maiores, com certeza, foi a criação do blog -, aprendizados... Espero, de coração, que tenha sido um ano proveitoso para tod@s, apesar dos obstáculos - afinal, eles vêm para nos tornar mais fortes ;)  

Pois bem, fazendo o famoso saldo do final de ano, percebi que li mais que em 2014 <3 Meu foco foi séries de livros, li poucos livros únicos x_x mas tive o prazer de conhecer histórias bem desenvolvidas, bem escritas e com reviravoltas fodásticas. E por isso, farei meu top 3 dos livros que mais marcaram meu 2015. Fiquem à vontade para comentar suas escolhas e se já leram alguns dos que postarei aqui \o/

Em terceiro lugar ~tambores rufando ~


Apesar de ser um gênero que não leio com frequência, sempre fui curiosa à respeito de histórias que envolvam uma atmosfera de suspense/mistério. Esse livro incrível estava parado há uns bons meses na minha estante e essa semana bati o olho e resolvi que o leria imediatamente; grande escolha!

Mentirosos, da diva das metáforas E.Lockhart, narra sobre a família Sinclair, composta por pessoas loiras, altas, imponentes - uma típica e "perfeita" família americana. O patriarca da família, Harris, possui uma ilha, localizada em Massachusetts. Durante os verões, Candace se encontra com seus primos Mirren e Johnny e seu amigo (ele é bem mais que isso, bj) Gat - os Mentirosos -. Em um dos verões - o verão dos 15 anos - um acidente acontece com Candace e ela passa a sofrer de amnésia seletiva, crises de enxaqueca e depressão. A garota tenta entrar em contato com seus primos e Gat para saber exatamente o que aconteceu mas nenhum deles retorna suas mensagens ou emails. Ela também insiste para que sua mãe lhe conte mas Penny diz que os médicos aconselharam que Cady se lembrasse por conta própria. No verão dos 17, a garota finalmente retorna à ilha para tentar tapar as brechas de sua memória e descobrir o que de fato aconteceu naquela noite... 

Gente, fiz um resumão, porque esse é aquele tipo de livro que se você acrescenta uma vírgula a mais pode acabar soltando um baita spoiler. Se você curte o gênero, se jogue nessas 270 páginas. A narrativa é uma espécie de diário de memórias da Candace então em algum momento pode vir a se tornar cansativa, mas faz parte da construção da história. O final... Simplesmente DEMAIS! Que reviravolta, caramba =O Aquele tipo de BUM na sua cara, sabe? Mais do que recomendado.

O meu segundo lugar vai para: 


A série Hades Hangmen, da linda Tillie Cole, é um romance adulto que tem como pano de fundo uma ceita religiosa que utiliza-se de preceitos totalmente radicais, infundados e cruéis para legitimar seus atos. Tillie fez uma pesquisa minuciosa a respeito do funcionamento de tais ceitas e o resultado nos faz embrulhar o estômago e sentir uma aversão gigantesca pelas práticas aqui retratadas. 

Foi uma leitura incrível mas difícil. A autora utiliza o romance como válvula de escape e a perspectiva de uma nova vida para as protagonistas que sofrem uma violência terrível dentro das comunas - local onde os participantes da ceita se reúnem. Não sei quantos livros são ao todo, mas já li os três da foto e é difícil escolher o meu favorito - mentira, é o terceiro <3. 

Cada livro conta como as "mulheres amaldiçoadas" (assim chamadas por sua beleza exuberante) são resgatadas por integrantes de um clube de motoqueiros do Texas - a autora também teve a preocupação de nos apresentar um panorama do funcionamento do clube, as gírias utilizadas por eles e a função que cada um exerce. São histórias cruas, que tocam em feridas profundas e nos fazem ver até onde o ser humano vai para justificar suas mentes doentias e egoístas. Sei que existe um grande preconceito quanto ao gênero, mas para quem adora (como eu) ou simplesmente tiver sua curiosidade instigada SUPER indico. Já quero o livro do A.K :')

E o primeiríssimo lugar:


Não podia faltar, haha <3 2015 foi oficialmente o ano de Harry Potter em minha vida. Completei minha coleção dos livros e li todos, amando cada página, cada detalhe desse universo riquíssimo e maravilhoso com o qual J.K nos brindou. Chorei, vibrei, torci, amadureci com os personagens. É uma história atemporal, com lições valiosas que independem da idade. Encho a boca e o peito para falar dessa saga (aquela da vida, sabe?<3) que nos mostra a jornada não de um, mas de vários personagens, em busca de construir um mundo melhor, sem segregações. A busca por si mesmo e o melhor de si. A rendição de alguns, o declínio de outros... Harry Potter é um mundo de possibilidades, de aprendizados, de lições de amizade, fidelidade, amor. É uma lindeza, gente :')


Pois bem, meus lind@s, espero que tenham curtido o post. Amanhã farei um top 3 de músicas \o/ Deixo aqui o meu muito obrigada e um abraço apertado em cada um de vocês que acompanharam nossas postagens, comentaram, curtiram e compartilharam. Vocês são a maior e melhor parte de tudo isso e contamos com tod@s em 2016. Um ano cheio de amor, realizações, saúde e luz para vocês <3


C.Schreave. 


domingo, 20 de dezembro de 2015

Você conhece Carcosa? - True Detective (1ª temporada)


Essa é uma série de 2014 da HBO que acabei de assistir a primeira temporada. Eu sei que já tem mais do que uma temporada, mas revolvi escrever logo só sobre a primeira porque me parece que a segunda não é exatamente uma sequência da história (não assisti ainda), como é um negócio independente merece um texto próprio. Talvez este contenha leves spoilers, bem leves...

São só OITO episódios fodásticos de 50 minutos mais ou menos cada. Pelo nome da série acho que não preciso falar que é sobre investigações/crimes essas coisas (quem tiver problemas em assistir a um pouco de violência ou boobs melhor não ver...) 

Bora pro enredo da 1ª temporada, mas primeiro a abertura:


Começa a série apresentando um assassinato bem ritualístico em 1995, e os detetives Cohle e Marty (Matthew McConaughey e Woody Harrelson) em 2012 sendo interrogados sobre alguns detalhes que parecem estranhos sobre este caso que ficou nas mãos deles.

 The mountain cats will come to drag away your bones 

Ritualístico? Sim. Uma mulher foi encontrada morta ao pé de uma árvore com as mãos amarradas como se estivesse rezando, nua, vendada, e com uma coroa de chifres de veado na cabeça, além de terem feito algumas outras coisas com ela...

Ah! Ia me esquecendo de algo muito importante: nas costas dela havia um desenho de uma espiral que mais pra frente fica conhecido como um símbolo de umas pessoas que cultuam o Rei de Amarelo (e que sacrificam mulheres e crianças, além de estuprarem, tirarem fotos delas nuas, drogá-las, e claro, usarem máscaras de animais e filmarem o bagulho todo). 


A série trabalha com Poder, Religiosidade, Manipulação, Medo etc. O melhor é que estamos de volta à mitologia do Rei de Amarelo do Robert W. Chambers (aqui pra ler um pouco sobre o livro)  \o/  A presença do Rei cai sobre todos os 8 episódios, e com ele vem o terror que chamam de weird fiction, que foi traduzido no Brasil como terror cósmico ‘-‘ , que é o medo do que não compreendemos, do estranho. Só avisando que não é preciso ler antes os contos pra assistir à série.

"Ele disse que tem um lugar no sul onde homens ricos fazem adoração ao diabo. Ele disse... que sacrificam crianças... que mulheres e crianças são assassinadas... e sobre um lugar chamado Carcosa e o Rei de Amarelo. Disse que tem pedras antigas na floresta onde pessoas vão para fazer adorações. Ele disse que matam muita gente."
Episódio 04 (Who goes there?)

Trilha sonora, fotografia, atores, tudo incrível \o/ Muito recomendada essa série. E por favor evite ficar criando teorias malucas pra descobrir quem é o Rei de Amarelo,  o terror que ele gera é do desconhecido, daquilo que não tem face nem forma, temos um nome e a ideia de algo grandioso se infiltrando e degradando tudo ; ) Então, venha conhecer Carcosa "onde as estrelas negras pendem dos céus".

Trailer (é só ativar as legendas):



E partiu 2ª temporada!


terça-feira, 8 de dezembro de 2015

A mensagem secreta.





Olá Grifos! Quanto tempo, não? pois é, aconteceram mil tretas, por isso minha ausência. Desculpem. <3
Hoje vim aqui para contar para vocês sobre um dorama que eu acabei de ver. Sim, é a primeira vez que escrevo aqui sobre uma coisa que eu amo tanto. Mas, não pensem muito e só foquem na história? feito?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...